TwitterYou Tube Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Notícias

24/07/2019

Corte de normas de segurança de trabalho é a ‘bola da vez’ do governo

 

Governo quer simplificar regras ou reduzir as normas regulamentadoras para melhorar produtividade e reduzir custos para empresas

 

Aos 22 anos, o metalúrgico Ricardo Rodrigues teve os cinco dedos do pé esquerdo amputados após um acidente na fábrica em que trabalhava. Na ocasião, dois colegas transportavam uma máquina de solda, quando uma parte dela se soltou, passou por vários trabalhadores e bateu na sua perna.

 

Hoje, aos 57 anos, morador de Osasco, casado e pai de três filhos, o metalúrgico ainda trabalha na mesma companhia. À época, seus patrões lhe deram assistência e transferiram Rodrigues de setor. Mas as consequências ficaram para a vida: nos mínimos detalhes, como a prática de jogar bola, até em suas condições psicológicas.

“Foi difícil no começo. Tive que aprender a andar de novo, fiquei com trauma. Cheguei a um momento em que quis me matar por causa disso. Na primeira vez que vi meu pé, estava preto, porque a pele que o médico removeu na cirurgia apodreceu”, conta o metalúrgico.

Última atualização: 24/07/2019 às 12:52:06
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

   (85)  3455-7100 falecom@sindcomerciarios.org.br
  Copyright © 1933-2019 - Todos os direitos reservados www.igenio.com.br