TwitterYou Tube Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Artigos

30/11/2017

Luizianne e a lei da regulamentação do horário de trabalho

 
Luizianne e a lei da regulamentação do horário de trabalho para beneficiar os trabalhadores e trabalhadoras do comercio de Fortaleza.
 
1º - Na época eu era assessor do gabinete da prefeita, a pedido do sindicato, através do diretor Miranda, marquei uma reunião para que a prefeita recebesse o sindicato;
2º - A prefeita recebeu a representação da direção do sindicato em seu gabinete na Av. Luciano Carneiro, acredito que mais ou menos as 9 horas da noite;
3º - Na delegação estavam: o Miranda, Ivan, Carlinho, Elenice e outros diretores;
4º - Pelo sindicato falaram o Miranda, Ivan, e os demais, todos falaram e pediram à prefeita para ajudá-los naquela luta que já se arrastava ao longo de anos. E que era muito importante para as comerciárias e comerciários, disseram que a regulamentação da jornada de trabalho era uma reivindicação da categoria, que já não aguentava mais tanto sofrimento como baixos salários, transporte coletivo ruim, assédio moral no local de trabalho e como principal problema a enfadônia jornada de trabalho.
A direção do sindicato foi muito firme na defesa dos trabalhadores.
5º - A prefeita Luizianne ouviu todos e todas atentamente, e, em seguida disse o seguinte: "Entendo que a reivindicação de vocês é justa e jamais eu deixaria de atender um pedido da categoria que eu tanto resopeito. E façam o seguinte, elaborem vocês mesmos a proposta de lei que eu encaminharei a Câmara e articularei com os veriadores para que possamos aprová-la".
6º - Quando o sindicato fez a proposta inicial, convocou a categoria para uma assembleia na sede do sindicato, e nesse dia, a prefeita foi ao sindicato para receber das mãos dos trabalhadores a referida proposta, que hoje é lei.
Este foi um ato de muita grandeza e compromisso da prefeita Luizianne do PT para com os trabalhadores do comércio de Fortaleza. 
Infelizmente é com  muita tristeza, que vemos o presidente da Câmara dos Vereadores, Salmito Filho aceitar e votar uma proposta desse prefeito medíocre Roberto Cláudio que tem como objetivo aumentar ainda mais a exploração dos comerciários e do povo de Fortaleza. Trabalhar 24 horas só tem um objetivo, que é favorecer e aumentar ainda mais a riqueza dos patrões, entre eles a do empresário Tasso Jerissati entre tantos outros.
 
Antonio Ibiapino - TR-Socialista.
Última atualização: 30/11/2017 às 13:27:20
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

   (85)  3455-7100 / (Fax) 3455-7124 falecom@sindcomerciarios.org.br
  Copyright © 1933-2017 - Todos os direitos reservados www.igenio.com.br