28/05: Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher

64

Hoje, no Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher e Dia Nacional da Redução da Mortalidade Materna, chamamos atenção para a conscientização e a importância de garantir políticas públicas e o acesso à uma saúde de qualidade para todas as mulheres.

Quando falamos de saúde da mulher, estamos destacando doenças comuns na vida delas, como o câncer de mama, câncer no colo do útero, endometriose, etc. e como devemos ter uma atenção especial para preveni-las e combatê-las. Mas também alertamos para um problema que, infelizmente, ainda possui altos índices em nossa sociedade – a mortalidade materna.

De acordo com dados do Observatório Obstétrico Brasileiro, 8.587 óbitos maternos foram registrados entre os anos de 2026 e 2020 no país. O número é considerado alto, ao levarmos em consideração que muitas mortes poderiam ser evitadas se a qualidade do serviço de saúde ofertado à população feminina fosse melhor. São óbitos que ocorrem na gravidez, no parto ou em até 42 dias após a mulher dar à luz.

Esta data é essencial para alertar sobre um problema que ainda é bastante comum no país e no mundo, mas é pouco debatido e muitas vezes deixado de lado. Por mais acesso à saúde de qualidade para todas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here