CCT 2023/2024 dos comerciários foi registrada no MTE

75

Foram registrada hoje (04/01) no site do Ministério do Trabalho e Emprego, as duas Convenções Coletiva de Trabalho 2023/2024 dos comerciários, sob o nº CE000007/2023 e nº CE000009/2023.

A CCT 2023/2024 abrange os setores: Varejista e Lojista, Comércio de Rua e Shoppings e Máquinas, Ferramentas e Tintas de FORTALEZA, negociados entre o Sindicato dos Comerciários, Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas) e o Sindicato do Comércio Varejista de Maquinismo, Ferragens e Tintas de Fortaleza (Sindtintas).

Ambas as convenções foram apresentadas e aprovadas pela categoria que se uniu em assembleia no dia 27 de dezembro de 2022, junto com a Comissão de Negociação do Sindicato dos Comerciários formada pelos diretores, Caubi de Freitas, Gileade Araújo e Silmara Sabrina.

Alguns destaques das novas conquistas da CCT:
Para trabalhadores (as) de empresas com até 10 empregados: o piso salarial: R$ 1.392,60 (ganho mensal será de R$ 117,39, totalizando por ano R$ 1.526,07).

Para trabalhadores (as) de empresas com mais de 10 empregados: o piso salarial: R$ 1.458,60 (ganho mensal será de R$ 120,67, totalizando por ano R$ 1.568,71).

Para os comerciários que recebem acima do piso da categoria, aplica-se sobre o salário atual: INPC 2022 + 1% de ganho real (considerando o mês de admissão).

Além disso, fica garantido o vale alimentação no valor de R$ 11,13, feriados no valor de R$ 90,50 com direito a uma folga, fechamento do comércio no Carnaval (Domingo, sengunda-feira e terça-feira) e no Dia do Comerciário.

Sobre contribuição negocial:
Diferente dos anos anteriores, o valor da contribuição negocial será de R$ 45,00. Uma taxa única, paga apenas uma vez no ano e com valor igual para todos os trabalhadores. A contribuição negocial serve para cobrir os custos que a entidade tem para garantir os direitos da categoria e lutar por mais benefícios.

Prestações de serviço como assessoria jurídica, assessoria de comunicação, bem como ações da campanha salarial, manutenção da área administrativa da entidade, espaços de esporte e lazer e demais atividades realizadas para a base são mantidas graças a essa contribuição.

“Nós tivemos que quebrar muitas barreiras impostas pelo patronal, principalmente com relação a algumas cláusulas econômicas. Mas saímos fortalecidos e, mais uma vez, com união e organização sindical, fomos capazes de garantirmos o fechamento do acordo que contemplasse pontos muito importantes para a nossa categoria” declara o presidente do Sindicato dos Comerciários, Sebastião Costa.

O presidente também avalia como é importante e necessária a contribuição negocial para manutenção do sindicato: “A contribuição negocial é o recurso mais importante no sentido de garantir um sindicato forte na defesa da categoria comerciária, pois essa contribuição ajuda na manutenção da entidade”, conclui.

A CCT 2023/2024 já está disponível no nosso site. Acesse abaixo:

CCT Sindlojas Fortaleza

CCT Sindtintas

2 COMENTÁRIOS

  1. o salario minimo é R$:1.302,00, o calculo no corpo deste post está sbore o salario minino (suposto) 1.320,00,

    • Este ano o piso salarial da categoria comerciária tomou como base para reajuste, o salário mínimo nacional. Atualmente o salário mínimo está no valor de 1.302,00, o mesmo sofrerá alteração nos próximos meses e automaticamente o piso dos comerciários também será corrigido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here