Compromisso Sustentável: Sindicato se insere na Coleta Seletiva Solidária

454

O Sindicato dos Comerciários está dando passos significativos em direção à sustentabilidade participando do Programa Coleta Seletiva Solidária. Com o objetivo de conscientização ambiental e na promoção da reciclagem, tanto no sindicato quanto no comércio em geral, na forma de campanha e promoção de informações.

A decisão foi tomada após reunião entre o presidente do sindicato, Sebastião Costa e os diretores Giliarde Araújo e Marciano Pereira com Vilma Freire, titular da Secretaria do Meio Ambiente e Mudança do Clima do Ceará (SEMA) e seus assessores, em duas reuniões: a primeira realizada na sede da SEMA e a segunda, na sede da entidade com todos os diretores presentes.

Durante a reunião que teve como pauta a proposta de coleta coletiva junto ao comércio de Fortaleza, foi deliberado que haverá a criação de um conselho ou comissão, formado pelas partes envolvidas, e terá como objetivo central, discutir e tomar decisões sobre a pauta.

Essa iniciativa beneficia o meio ambiente e contribui para o fortalecimento da comunidade, incentivando a participação de todos. Com isso, o sindicato integra na busca pelo selo ESG com princípios ambientais. Esse selo é um reconhecimento de boas práticas de organização, relações laborais justas e impactos positivos na sociedade.

Com o selo ESG, a entidade será ainda mais valorizada, adotando um compromisso com as questões ambientais. Assim, a participação do Sindicato dos Comerciários na Coleta Seletiva Solidária, visa a conscientização sobre o meio ambiente, o foco em materiais recicláveis e a busca pelo selo ESG, que são demonstrações de um comprometimento com um futuro melhor para todos.

Coleta Seletiva Solidária

A Coleta Seletiva Solidária foi instituída pelo Decreto Estadual no 32.981, de 21 de fevereiro de 2019, diante da importância do exemplo que deve ser transmitido à sociedade por parte de todas as entidades e órgãos que compõem a Administração Pública Estadual direta e indireta na correta destinação dos resíduos recicláveis com a participação de associações e/ou cooperativas de catadores, buscando à inclusão social e emancipação econômica de catadores de materiais reciclados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here