Livraria Saraiva: Audiência de Recuperação Judicial

505

No fim do mês de setembro, a Livraria Saraiva tomou a decisão de demitir os trabalhadores das suas últimas cinco lojas. A rede, que num passado recente ostentou a posição de maior do Brasil, com cerca de 100 livrarias, encontra-se atualmente num processo de recuperação judicial. A partir deste momento, seu foco principal estará à venda online. Ao longo dos últimos anos, a Saraiva envolveu dificuldades, resultando no fechamento progressivo de suas lojas físicas.

É importante lembrar que, em maio deste ano, a última unidade da livraria em Fortaleza, situada no Shopping Iguatemi, encerrou suas atividades. O Sindicato dos Comerciários esteve atento a essa situação e realizou uma reunião com os trabalhadores da empresa para garantir a proteção de seus direitos, evitando que sejam prejudicados pelo fechamento da loja.

Sobre a Audiência de Recuperação Judicial
No dia 22 de setembro, ocorreu uma audiência presidida pelo Procurador Regional do Trabalho, Dr. Carlos Leonardo. A advogada representante da Livraria Saraiva enfatizou que a empresa se encontra em processo de recuperação judicial e que o pagamento das verbas rescisórias dos trabalhadores, tanto da unidade de Fortaleza que estão no acordo firmado com o Sindicato dos Comerciários de Fortaleza, quanto os trabalhadores de todo o Brasil, está inserido no âmbito desse processo.

A advogada da empresa ainda informou que estão empenhados em buscar um empréstimo de 5 milhões de reais. Caso obtenham sucesso nessa empreitada, o pagamento de todas as dívidas com os trabalhadores será efetuado. Os trabalhadores da empresa agora aguardam o desdobramento do processo de recuperação judicial que está em andamento nos tribunais do Rio de Janeiro.

É importante para trabalhador seguir as dicas, pois ajuda a evitar complicações. Mais informações, ligue para o setor jurídico do sindicato: 34557116.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here