NOTA DE REPÚDIO

52

O Sindicato dos Comerciários de Fortaleza, Aquiraz, Beberibe, Cascavel, Eusébio e Pindoretama repudia a invasão, o vandalismo e a tentativa de golpe que ocorreu ontem, 08 de janeiro, em Brasília. Os atos terroristas no Congresso, na Câmara e no Senado e a depredação do Planalto e do Supremo Tribunal Federal é motivo de vergonha e de desonra.

Nós, como sindicato dos trabalhadores, participamos inúmeras vezes de atos grandiosos em busca de direitos e de melhores condições de trabalho e, jamais, fomos capazes de tais atos destrutivos.

O objetivo dos golpistas era que fosse instituída uma intervenção militar, desrespeitando todo processo eleitoral legitimo ao qual foi eleito o atual presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Esse ataque ao Estado brasileiro fere a soberania do país, ataca os símbolos da República e os pilares de nossa democracia, além de utilizar a nossa bandeira nacional, símbolo maior da nossa pátria, como uniforme de combate à Constituição brasileira.

É inaceitável a inanição do Governo do Distrito Federal mediante tamanha destruição, não agindo preventivamente. Exigimos, assim, a apuração das origens dessa movimentação absurda e a penalização dos responsáveis e aqueles que permitiram, por negligência ou conveniência, esse ataque à Constituição.

NÃO PASSARÃO.

2 COMENTÁRIOS

  1. Olha quem está sendo o contrário os atos??vcs?? Sério??? Vcs são totalmente apartidário,quando em 2017 quebraram tudo ficaram caladinhos né, Hipocrisia Total desse sindicato de merda . Vocês mais que ninguém sabem q tiveram infiltrados.

    • Olá.

      O Sindicato dos Comerciários sempre esteve aberto para o diálogos com a sua categoria e população em geral, desde que este esteja a margem do respeito, da lei, da moral e da ética.

      Informamos que atos de calunia e difamação estão previstos no código penal brasileiro e são passiveis de sanções e que o mundo virtual também é regido por lei, reforçamos a importância de avaliar as opiniões e palavras antes de publica-las.

      A direção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here